Se você está pensando em fazer uma sessão de drenagem linfática, saiba que estás a fazer a coisa certa. Os benefícios da drenagem linfática são excelentes para diminuir a retenção de líquido e te deixar com menos inchaço e mais bonita por dentro e por fora. Acompanhe o nosso artigo e saiba tudo sobre esse tratamento de saúde e beleza.

Nada encontrado

Nenhum resultado encontrado. Talvez fazer uma pesquisa ajudará a encontrar um post relacionado.

O que é drenagem linfática

É uma técnica de massagem que objetiva estimular o sistema linfático a trabalhar mais aceleradamente. Esse sistema funciona tal qual uma circulação extra, além da venosa e da arterial, sendo composto pela linfae pelos gânglios linfáticos.

Linfa é uma espécie de líquido que “passeia pelo corpo” por meio da rede de vasos linfáticos. É rica em glóbulos brancos, proteínas, células mortas, sanguíneas e microrganismos, podendo conter também toxinas e bactérias.

De aspecto amarelo e viscoso, a linfa, da mesma forma como atua o sangue, é responsável por trocas metabólicas entre as células. Após essas trocas, a linfa encerra o seu trabalho, sendo recolhida pelo sistema linfático para retornar aos gânglios, que irão filtrá-la para que, depois, possa trabalhar novamente.

Os gânglios linfáticos por sua vez, estão em todo o nosso organismo. Eles são uma parte importantíssima que garante a nossa imunidade a doenças, tendo como função fazer com que o organismo reconheça e combata infecções, germes e outras substâncias estranhas.

Os gânglios linfáticos podem ser sentidos em várias partes do nosso corpo, como na parte posterior da cabeça, nas axilas, na virilha, no pescoço, atrás das orelhas e abaixo da mandíbula e do queixo.

Benefícios da drenagem linfática

A mais do fato de que a drenagem linfática emagrece, essa técnica de massagem possui diversos benefícios. Entre eles, os principais são a redução da retenção de líquido, a ativação da circulação sanguínea, o combate à celulite e até o relaxamento corporal. Veja a lista completa dos benefícios:

  • Ativa o sistema imunológico
  • Elimina líquidos acumulados no organismo
  • Alivia hematomas e inchaços após cirurgias plásticas
  • Aumenta a oxigenação e nutrição celular no pós-operatório
  • Atua como analgésico
  • Queima gordura localizada
  • Auxilia no tratamento da celulite
  • Desintoxica o organismo

Como fazer drenagem linfática passo a passo para iniciantes

Bom, então vamos à parte mais esperada, com as melhores dicas de como fazer uma drenagem linfática em casa. Esse passo a passo é bem simples e pode ser feito até por iniciantes que nunca tenham tido contato com drenagem linfática antes. Antes de iniciar a massagem, banhe-se. A sua pele precisa estar bem higienizada e sem nenhum resquício de suor ou cosméticos.

O próximo passo é desobstruir os gânglios. A desobstrução é necessária para que os líquidos que serão retirados do seu corpo tenham como ser expulsos e é por isso que os gânglios devem estar livres.

E como se faz para desobstruir os gânglios? Simples. Basta realizar movimentos em forma de círculo com apenas quatro dedos das mãos sobre a área do corpo que você quer trabalhar por aproximadamente dois minutos. A título de informação, os gânglios das pernas estão localizados bem atrás dos joelhos, enquanto que os gânglios das coxas ficam próximos à virilha.

Após essa etapa de desobstrução dos gânglios linfáticos, passe um creme nas mãos específico para drenagem linfática (há vários à venda em lojas de beleza). Além de ajudar as mãos a deslizarem mais facilmente durante o procedimento, a loção cremosa poderá auxiliar ainda mais a desintoxicação do organismo, intensificando os benefícios da drenagem.

Já na massagem propriamente dita, os movimentos precisam seguir a direção em que vai o nosso sistema linfático. A drenagem deve ser feita por meio de toques que vão de baixo pra cima, direcionados sempre aos gânglios já massageados anteriormente.

Quanto ao tipo de toque, o mais comum que é utilizado na drenagem linfática é o bracelete. Para fazê-lo, coloque as mãos em torno do braço ou da perna (exatamente como um bracelete) e arraste-as pra cima. No abdômen, a massagem deve ser realizada com movimentos circulares e as mãos devem ficar o tempo todo espalmadas ao redor do umbigo.

Diferente do que muitos acham, uma drenagem linfática eficiente não é nem rápida, nem forte para surtir efeitos. O toque, na verdade, costuma ser bem suave para não machucar a pele. Inclusive, se um dia você for fazer uma drenagem linfática que cause muita dor ou desconforto, o melhor a ser feito é interromper o procedimento.

Se você tem dúvidas se esse é o tipo de tratamento que você precisa, não hesite em consultar um médico. Ouvir a opinião de um profissional no assunto pode lhe ajudar e muito a tomar a escolha certa.

Certamente isso também lhe interessará:

 

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 0/5 (0 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!
Se você gostou, não esqueça de curtir e compartilhar

Participa, deixe seu comentário